Software proprietário - Conceito, o que é, Significado

Software-proprietarioÉ chamado de software proprietário, como também de software não livre, aquele que pertence a uma empresa privada e detém seus direitos de uso, edição ou redistribuição sobre o mesmo. Ele se contrasta ao denominado software livre que se caracteriza por ser de código aberto e por poder ser editado por qualquer pessoa ou grupo.

Existe uma controvérsia entre os benefícios do software livre versus o software proprietário. O primeiro goza da possibilidade de ser modificado pela comunidade ou pelo próprio usuário, enquanto que o segundo oferece um suporte técnico para o cliente. No primeiro caso é óbvia sua redistribuição gratuita, já no segundo, o pagamento pode garantir uma evolução e atualizações no beneficio do usuário.

Em geral o desenvolvimento do software proprietário é realizado por corporações de enormes recursos econômicos. Isto leva a um conhecimento preciso das necessidades do mercado em relação aos sistemas, fato que faz com que seus desenvolvimentos cubram de forma mais eficaz as expectativas do usuário. No entanto, em contrapartida, apresentam um custo econômico que poucos preferem evitar.

Vale ressaltar que esta polêmica se instalou a partir do desenvolvimento de alguns dos sistemas livres mais bem sucedidos, como é o caso da Linux. Na verdade, aqueles que estiveram envolvidos em seu desenvolvimento e posterior promoção deram ênfase às vantagens deste tipo de desenvolvimento em oposição ao denominado software privativo (em alusão às privações que acarretaram seu uso). Assim, montaram uma empresa mantida até o momento e que deu lugar a um valor controverso, na medida em que foi concebido um movimento de programadores que generosamente lapidaram produtos sem custo.

No entanto, a única área onde as forças se equilibraram realmente entre o software proprietário e o software livre são os sistemas operacionais e os aplicativos utilizados pelos chamados telefones inteligentes ou “smarthphones”. De fato, o uso do Android tem massificado o uso da Linux de modo que parecia impossível nos computadores de desktop. Neste sentido, se estima que o sistema operacional segue obtendo melhorias e faz parte dos dispositivos considerados top de linha. Em contrapartida, do lado do software proprietário, apenas o IOS da Apple tem uma aceitação que se compare ao Android.

Certamente, no futuro, ambas as tendências continuarão a existir e inovações talvez encorajadoras tanto de um lado como de outro, irão resultar em inovações a favor do usuário.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: