Opressão - Conceito, o que é, Significado

OpressaoO conceito opressão apresenta dois níveis diferenciados: o primeiro como uma ação na qual a pessoa ou várias delas são submetidas por outras, por outro lado, como uma sensação na qual a pessoa apresenta um mal-estar psicológico.

A ideia de opressão em qualquer de suas manifestações tem a seguinte dinâmica: há algo ou alguém que causa um efeito negativo em outro indivíduo e este efeito pode ser uma humilhação, um abuso físico ou psicológico, uma situação abusiva, etc.

Processo psicossomático

Entende-se por psicossomático a situação mental que atinge o corpo. Isso é o que acontece, por exemplo, em certos casos de depressão, quando a situação anímica do indivíduo se manifesta por questões fisiológicas (falta de apetite, de energia e mal-estar físico em geral). Este mecanismo psicossomático é aplicado ao conceito da opressão. Vamos pensar em uma desilusão amorosa que provoca um estado de tristeza, melancolia e que finalmente termina em uma sensação física de opressão.

Falta de liberdade

De qualquer forma, o ser humano necessita sentir-se livre interiormente como também exteriormente. Por exemplo, se num regime ditatorial não é permitido o uso da internet, desta maneira, não há liberdade de expressão e não é possível realizar certas ações. Esta situação cria uma evidente opressão no conjunto da sociedade. Diante da falta de liberdade política ou social há uma série de respostas possíveis: assumir a humilhação; opor-se abertamente à submissão ou combatê-la de alguma maneira (por exemplo, na clandestinidade ou no exílio).

Outras formas de opressão

Opressao-2Além da opressão psicossomática ou política, há outras maneiras de experimentar uma sensação de mal-estar interior. No caso do bullyng ou do assédio escolar, a vítima fica pressionada e humilhada, desde então oprimida. Algo muito parecido acontece nos casos de maltrato às mulheres, com o assédio no trabalho e geralmente em qualquer situação de abuso de poder.

Combatendo a opressão

Ao longo da história já ocorreu todo tipo de batalha contra as diversas formas de opressão. Quando a escravidão se propagou como prática habitual surgiu algumas vozes. A maioria das revoluções tem o intuito preciso de lutar contra um regime baseado na opressão ao povo. A reivindicação do voto feminino e a luta dos direitos da mulher tem sido outra forma de batalha contra a opressão.

Fotos: iStock, FernandoPodolski / Redrockschool

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: