Mercado de Capitais - Conceito, o que é, Significado

Mercado-CapitaisO termo mercado de capitais se refere a uma classe do setor econômico por onde são comercializados canais de financiamento a diversos prazos. Este mercado serve como meio de canalização de economia de várias pessoas e entidades para que outras se financiem em seus projetos. Este tipo de mercado costuma servir como meio de transmissão de recursos desde os setores menos produtivos até os mais produtivos.

Atualmente, os mercados de capitais são operados a partir de plataformas eletrônicas que podem ser acessadas através de diferentes entidades, estando em alguns casos, disponíveis para o público em geral. Existem vários exemplos deste tipo de sistema e que são mantidos por entidades como bancos de investimento, departamentos governamentais, etc. Do ponto de vista físico, este sistemas estão hospedados em todo mundo, embora se concentrem em centros financeiros como Londres, Nova Iorque e Hong Kong.

Há uma divisão dentro dos mercados de capitais: estes podem ser divididos em mercados primários e secundários. Nos mercados primários, são vendidas novas ações ou títulos emitidos através de um contrato entre a parte que financia e a parte financiada, podem participar tanto o estado como as empresas que precisam de financiamento. Já nos mercados secundários, os ativos podem mudar permanentemente de portador conforme os preços determinados por negociação e demanda. Assim, o mercado primário consiste na comercialização da dívida de uma instituição pública ou privada.

Além disso, dentro dos ativos negociados em um mercado de ações, pode ser estabelecida a distinção entre elementos de renda fixa e variáveis. Os primeiros correspondem a todos os ativos que pagam juros fixos após certo tempo; e o segundo, para os ativos cuja renda pode variar ao longo do tempo, como é o caso das ações.

O governo geralmente tenta regular este tipo de mercado através de certas medidas, tais como o estabelecimento de impostos ou limites no volume de negócios. Em geral, isto se efetiva a fim de regular os fluxos de entrada e saída do capital de uma nação. Isto pode incluir controles de câmbio que evitam a liberdade de compra e venda no que se diz respeito à taxa de câmbio fixada no mercado. No entanto, estas medidas costumam ser prejudiciais em longo prazo, criando mais problemas do que soluções.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: