Ladino - Conceito, o que é, Significado

A palavra ladino apresenta diversos usos. Por um lado se refere a uma pessoa astuta. O ladino em alguns países americanos é um mestiço. Ao mesmo tempo, ladino é uma variante do castelhano antigo que ainda se fala entre os descendentes espanhóis de judeus.

O ladino é uma pessoa astuta e com intenções ocultas

Embora o termo esteja em desuso e por ser considerado um cultismo, ladino é um adjetivo que serve para qualificar um indivíduo especialmente engenhoso e astuto. Emprega-se normalmente num sentido depreciativo e se dá a entender que a pessoa ladina é manipuladora, ardilosa e com outras intenções. Outros sinônimos são mais utilizados para esta palavra: espertalhão, malandro, canalha, malicioso, etc.

Os ladinos na Guatemala

A Guatemala é um país pequeno da América Central que historicamente passou por um processo de mestiçagem cultural entre a cultura indígena e a espanhola. No contexto guatemalteco, os ladinos são os mestiços que assumiram o espanhol como língua materna. Este fenômeno é conhecido como ladinização, na atualidade, os ladinos são reconhecidos como um grupo étnico de identidade própria.

Do ponto de vista sociológico, em sua origem, o ladino guatemalteco era o mestiço que renunciava suas raízes culturais, pois não queria ser índio e aspirava tornar-se um membro da classe média. De certa forma, o ladino estava numa terra de ninguém, já que não era nem um indígena puro nem um membro da classe dominante.

O idioma ladino ou judaico-espanhol

No final do século XV, na Espanha, os judeus foram expulsos pelos reis católicos. São várias as razões que explicam este fato: a perseguição do judaísmo como religião, o papel da inquisição para manter a hegemonia católica e o protagonismo dos judeus como grupo social temido e odiado por seu poder financeiro.

A expulsão dos judeus trouxe diversas consequências. Uma delas foi a criação de uma identidade própria nos lugares onde se assentaram as comunidades judaicas, como no México e no atual território de Israel. A identidade cultural dos judeus de origem espanhol se manteve porque preservaram sua língua: o ladino ou judaico-espanhol. O ladino é em realidade a língua falada na Espanha durante a Idade Média.

Atualmente é uma língua minoritária, mas nos últimos anos procurou preservar e manter seu legado cultural. Um exemplo curioso deste fenômeno ocorre na Espanha, mais especificamente na Rádio Pública Espanhola, que cada semana transmite um programa no idioma ladino (o programa se chama Emissão Sefarad e através dele pode-se apreciar essa língua do século XV).

Imagem: Fotolia. starserfer

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: