Inteligência Intrapessoal - Conceito, o que é, Significado

O prefixo “intra” significa dentro de, portanto, intrapessoal se refere à inteligência que se refere ao conjunto de capacidades que permitem formar uma ideia precisa sobre si mesmo. Ao mesmo tempo, a ideia de inteligência intrapessoal se refere à gestão da própria vida. Em outras palavras, o foco deste tipo de inteligência é o próprio eu e as estratégias para alcançar uma vida plena.

Embora a inteligência intrapessoal seja um conceito próprio da psicologia do século XX, deve-se notar que o autoconhecimento como proposta tem sido defendido por pensadores de outras épocas: Sócrates afirmou “Conhece-te a ti mesmo”, Freud desenvolveu o método psicanalítico para conhecer o eu e o Budismo é um caminho para o autoconhecimento.

Uma qualidade pessoal

Quem tem inteligência intrapessoal sabe quem é e o que sente. A capacidade de autoconhecimento envolve uma série de aspectos: ter uma imagem precisa de si mesmo e reconhecer suas virtudes e defeitos, ter consciência do seu estado de ânimo e saber quais são as suas intenções e motivações. Estes elementos característicos de autoconhecimento favorecem a disciplina e a autoestima.

A inteligência intrapessoal é uma qualidade que nem sempre é observada nas pessoas, pois em vez de buscar uma conexão emocional com si próprio muitos indivíduos optam por ignorar o que são por algum motivo (por exemplo, pelo temor do sofrimento).

A informação que trata sobre a inteligência intrapessoal provém de nós mesmos, ou seja, de nossa experiência pessoal, por exemplo, de nossas próprias ações, da motivação que temos e sentimos, assim como agimos de maneira ou outra.

Os estudiosos do cérebro afirmam que a inteligência intrapessoal está localizada no lóbulo frontal, parte do cérebro que é responsável pelo pensamento lógico, pelo controle do comportamento e desenvolvimento da personalidade.

Características que indicam uma adequada inteligência intrapessoal

As pessoas que têm boa inteligência intrapessoal são capazes de descobrir seu próprio ser interior. Ao mesmo tempo, sabem como interpretar os aspectos negativos da sua personalidade e têm uma ideia realista sobre seus pontos fortes e fracos. Normalmente são pessoas que sabem ficar sozinhas, que não têm problemas na hora de expressar suas emoções e dar o melhor de si.

Imagem: Fotolia. Uryadnikov Sergey

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: