Injustiça - Conceito, o que é, Significado

injusticiaDenomina-se injustiça à situação em que se condena indevidamente uma pessoa em relação a seus bens econômicos, respeito, consideração, etc. É em definitivo um estado de violação da lei. Por outro lado, se refere a uma situação justa quando se procede de acordo com as leis e atende a pessoa pelo que tem de direito. A injustiça pode ter várias referências e conotações, segundo o discurso que está inserido. Na maioria das vezes se refere a uma situação de legalidade, embora em outras a uma situação de imoralidade que não está legislada.

Uma expressão comum nos discursos que representam a situação da população em geral é a chamada injustiça social. Esta se refere à incapacidade da sociedade em atender a população em relação aos bens econômicos que produz. Em outras palavras, ela se refere à pobreza existente em todo mundo e por não poder resolver seus problemas. Neste sentido, há diversas vozes de alarme contrárias a esta situação e que desejam realizar avanços significativos. Como uma forma de amenizar este flagelo se enfatiza o papel do estado como um agente de distribuição, no entanto, esta atitude rompe com o critério da não intervenção na economia. O economista preferido para enfatizar a solução deste assunto é John Maynard Keynes, que viveu em uma época tumultuada e descreveu processos de equilíbrio no mercado de trabalho sem que este oferecesse um emprego digno, circunstância que pretendia corrigir elevando os gastos do Estado.

Do ponto de vista econômico muitas propostas foram apresentadas para resolver os problemas da injustiça social. Apesar da rejeição de Keynes para alguns economistas, o certo é que ele deu a volta por cima e resolveu o problema da crise dos Estados Unidos com a bolha imobiliária.

Em relação à injustiça do ponto de vista jurídico, a mesma é passível de ser denunciada e corrigida pelos tribunais competentes. Neste sentido, pode-se dizer a injustiça tem menos força do que as questões de natureza comercial, penal, civil, entre outras. Neste caso, a situação injusta está definida pela lei, mas compete aos juízes precisar se a mesma foi contraída.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: