Hostel - Conceito, o que é, Significado

Existem vários tipos de estabelecimentos destinados à hospedagem de turistas ou hóspedes qualquer. O mais conhecido é o hotel, mas há outros também como as pousadas, motéis, pensões e o hostel. Embora todos eles tenham algo em comum (alugam um quarto a determinado preço e o cliente tem a disposição alguns serviços) cada tipo de estabelecimento tem sua peculiaridade.

O que é um hostel?

Se tivéssemos que usar um termo para definir estes estabelecimentos, poderíamos dizer que se trata de um albergue juvenil. O hostel é um tipo de hotel destinado a jovens. Normalmente nos hostels, os clientes são jovens viajantes de diferentes nacionalidades que procuram a troca de experiência com outros viajantes.

Pode-se dizer que um hostel é um lugar de encontro e de miscigenação cultural

Uma das suas principais características é a localização, pois geralmente se encontram situados fora dos centros urbanos e em áreas próximas ao ambiente natural. Esta localização permite incentivar atividades ao ar livre e as relações entre os viajantes.

Os hostels contam com preços acessíveis e seus quartos são geralmente compartilhados com outros hóspedes, por isso são utilizados beliches no lugar das camas convencionais. Geralmente eles não têm banheiros individuais, mas existem aqueles que são compartilhados pelos clientes. O modelo de quarto é bastante austero e sem as comunidades de um hotel como a presença de televisão e geladeira.

A maioria dos hostels faz parte de uma rede de associações juvenis e geralmente se trata de associações internacionais sem fins lucrativos.

Que tipo de cliente se interessa por um hostel?

O hostel não é pensado mais pessoas mais velhas, nem para homens de negócios e famílias. Nestes estabelecimentos a grande maioria dos clientes é jovem (menos de 30 anos) que buscam um espaço multicultural na qual é possível praticar idiomas, conhecer gente nova e tocar música ao ar livre. O cliente de um hostel busca algo mais do que um lugar para dormir e descansar, o que ele quer na verdade é ter uma experiência pessoal.

Os clientes dos hostels não contratam um quarto através de pacotes organizados. Eles vão sozinhos ou acompanhados de algum colega que tenha o mesmo espírito aventureiro. Na linguagem popular, são conhecidos como mochileiros.

Embora estes estabelecimentos tenham uma série de vantagens, deve-se destacar que não são recomendados para aqueles que procuram um lugar tranquilo e sem barulho. Os hostels contam com atividade, dinamismo e certa agitação, assim como são projetados para determinado tipo de cliente.

Imagem: Fotolia. Maksim Smeljov

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: