Fidalgo - Conceito, o que é, Significado

A palavra fidalgo provém do castelhano antigo, mais especificamente do vocábulo hidalgo, que significa literalmente filho de algo. Em relação ao seu significado se refere a uma pessoa que tem origem nobre. Neste sentido, a figura do fidalgo deve ser entendida em seu contexto histórico. Na atualidade, emprega-se o termo generosidade para referir a este tipo de pessoa com espírito nobre.

O contexto histórico desta classe social

Quando na Espanha se iniciou a Reconquista para recuperar os territórios conquistados da península após a invasão muçulmana, os reis outorgaram o título de fidalgo para aqueles que lutaram contra os muçulmanos. Desta maneira, aqueles que descendiam de um fidalgo também herdavam o título. A distinção como fidalgo proporcionava um reconhecimento honorífico, mas também era acompanhada de certos privilégios, como a isenção do pagamento de impostos ou o acesso a determinados cargos públicos.

Aqueles que tinham a categoria de fidalgo eram considerados socialmente como uma pessoa digna e que fazia parte de uma linhagem nobre (assim se falava da pureza de sangue). No entanto, esta circunstância não implicava necessariamente uma boa posição econômica. Na verdade, havia fidalgos que viviam na miséria. O fidalgo não precisava trabalhar, já que a atividade trabalhista questionava sua honra.

A condição de fidalgo era apenas adquirida pelos homens, pois estes conseguiam diretamente por seus méritos militares ou então por herdar de seus antepassados

Uma terceira maneira de se tornar fidalgo era casando e tendo filhos legítimos que formavam uma família numerosa, ou então uma maneira para não pagar impostos. Esta prática recebeu uma denominação popular "fidalgo de bragueta" de onde curiosamente vinha a expressão "dar um braguetazo", que significava na época subir de nível econômico ou social através do casamento.

A figura do fidalgo foi perdendo importância com o passar do tempo e no século XIX desapareceu oficialmente. Apesar da nobreza já não existir como realidade social, não devemos esquecer que faz parte da tradição literária espanhola.

O fidalgo mais famoso da história

O verdadeiro título do Dom Quixote é "O engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha". Este ilustre personagem da literatura mundial é um arquétipo dos autênticos fidalgos. Don Quixote é um homem que vive humildemente e influenciado pela leitura dos livros de cavalaria decide escapar de uma vida comum.

Embora seu nome seja Alonso Quijano, ele se autodenomina Dom Quixote de la Mancha, pois um fidalgo não pode ser uma pessoa comum. A loucura do personagem e sua nobreza são os dois fatores que o levaram a iniciar uma viagem de aventuras com seu fiel escudeiro Sancho Pança.

Imagem: Fotolia. Kudryashka

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: