Feminismo - Conceito, o que é, Significado

FeminismoO feminismo é um movimento social que luta pelo reconhecimento da mulher em todos os sentidos e sua plena equiparação com os homens.

O feminismo tem uma reivindicação definida: defende a situação de igualdade entre homens e mulheres, pois enxerga a mulher num nível inferior ao homem. Para as feministas não há nenhum argumento racional que justifique a desigualdade entre os dois sexos. Portanto, consideram que a oposição de suas reivindicações é um sintoma de mentalidade antiga e geralmente machista.

As reivindicações deste movimento são muito diferentes e dependem do contexto social

Em geral, podemos citar alguns tipos de reclamações: a plena igualdade de oportunidades, um salário igual aos dos homens, a não discriminação da mulher em qualquer circunstância, (por exemplo, quando está grávida) e a proposta de uma mudança de mentalidade em alguns setores (neste sentido se contrasta ao machismo tradicional).

Uma pincelada histórica do movimento feminista

Embora algumas mulheres tenham lutado para ser reconhecidas ao longo da história, o feminismo surgiu a partir dos ideais que impulsionaram a Revolução Francesa. De maneira muito especial, a ideia de liberdade e de emancipação para todos os seres humanos.

No final do século XIX, na Grã Bretanha e nos Estados Unidos, surgiu um movimento (chamado de sufragista) que começou a reclamar de um direito para as mulheres: o direito de voto no campo político.

Inicialmente sua reivindicação foi considerada uma extravagância e o poder político se opondo radicalmente, pois entendiam que a mulher não estava preparada para esta responsabilidade. Além da batalha política em relação ao voto, o sufragismo lutava por uma mudança mais profunda, de tal forma que desejavam o reconhecimento da mulher além do campo doméstico e do seu papel de mãe.

As sufragistas lideraram este movimento reivindicativo e pouco a pouco conseguiram que suas que suas exigências fossem reconhecidas

A Nova Zelândia foi o primeiro país que reconheceu o voto em 1893; a Austrália implantou em 1902, e nos Estados Unidos a mulher branca exerceu o poder de voto a partir de 1920, estendendo-se a toda população feminina em 1965.

O feminismo continua reivindicando a total igualdade entre mulheres e homens. Inúmeras frentes existem há décadas e reivindicam que algumas igrejas reconheçam à mulher um protagonismo, que o adultério seja descriminalizado e que não haja uma degradação da imagem da mulher no campo da publicidade.

Imagem: iStock. kbeis

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: