Fascismo - Conceito, o que é, Significado

O fascismo é um movimento político que surgiu inicialmente na Itália na década de 20, durante o século XX e que foi imposta como forma de governo até a 2ª Guerra Mundial. Esta corrente ideológica começou a ser desenvolvida como resposta à crise econômica e à instabilidade social sofrida pelo país como consequência da 1ª Guerra Mundial.

O regime fascista italiano teve as seguintes características

Por um lado se opôs a democracia e introduziu um sistema totalitário, assim como uma forte intervenção do estado e toda a estrutura da sociedade. O fascismo tinha um interesse expansionista, pois a Itália protagonizou várias campanhas em países como Líbia e Etiópia. Exaltava os valores nacionais e menosprezava alguns grupos, principalmente os judeus.

A perspectiva econômica era baseada na autarquia e na execução de grandes obras públicas

Um aspecto fundamental era o culto à personalidade do líder, transformando-se num símbolo da nação. Para manter-se no poder, o fascismo militarizou o país, reprimiu a liberdade política e individual, assim como utilizou propagandas para manter o controle da sociedade.

Os valores e ideais do fascismo italiano influenciaram outros países, especialmente a Alemanha e a Espanha, no entanto, com outra denominação. A Alemanha adotou o nacional-socialismo e a Espanha o nacional-catolicismo.

O fascismo, dentro das suas diversas modalidades, apresentou alguns aspectos próprios de cada nação:

A Itália exaltava a vontade ao invés da razão; a Alemanha defendia a ideia da supremacia ariana e a Espanha mostrava uma aliança entre o sistema político e o catolicismo. Apesar de algumas diferenças, o fascismo possuía características em comum. Além das citadas acima, havia uma forte e violenta rejeição contra o comunismo, oi anarquismo e a democracia.

O movimento fascista perdeu dois dos seus pilares fundamentais após a 2ª Guerra Mundial (os finais trágicos de Mussolini e Hitler). O regime ditatorial de Franco se baseava nos princípios do fascismo, mas não tinha aspiração imperialista. Permaneceu no poder como vitorioso após a Guerra Civil Espanhola.

Mesmo que de forma minoritária, o fascismo continua presente na Europa nas últimas décadas

Como oposição à democracia, há uma rejeição majoritária dessa ideologia. Entretanto, em alguns momentos de crise econômica, certos partidos com esta ideologia encararam o mal-estar de alguns setores da população (por exemplo, os grupos contrários à emigração e a abertura das fronteiras nacionais).

Imagem: iStock. wrangel

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: