Elementos Químicos - Conceito, o que é, Significado

A massa rochosa que forma a Terra é composta por diversas substâncias que combinam entre si. A química é a disciplina que estuda estas substâncias e por este motivo se falam dos elementos químicos.

Características gerais dos elementos químicos

A maioria de materiais existentes na natureza são misturas de substâncias. Por exemplo, em uma gota de água há uma combinação de átomos de hidrogênio e outra de oxigênio ou sal comum formada por átomos de sódio e cloro.

Certos elementos não são encontrados de maneira natural na Terra, mas são sintetizados pelo ser humano como acontece com o netuno.

Os seres vivos também são produto de uma mistura de elementos químicos. Por outro lado, em uma pedra de granito é possível encontrar também outras combinações de substâncias químicas como o quartzo, a mica, entre outros elementos.

As proporções dos materiais que constituem uma mistura podem variar. Isso se deve as partículas que formam a mistura se dispõem de maneira irregular.

Nem todas as partículas das misturas são visíveis, por exemplo, o oxigênio. Apesar de sua invisibilidade, o oxigênio é imprescindível para os seres vivos. Não devemos esquecer que o oxigênio é importante nos seres vivos para transformar o alimento em energia.

Atualmente, são conhecidos mais de cem elementos químicos e cada um deles tem características e propriedades diferentes.

A tabela periódica dos elementos químicos

O conjunto de elementos químicos é representado pela conhecida tabela periódica, esta que conta com determinada ordem através do número atômico de cada elemento (o número atômico traz identidade ao átomo). Os elementos químicos estão distribuídos em filas e colunas: as filas correspondem aos períodos ou níveis de energia da configuração eletrônica de cada elemento e as colunas tem relação com a quantidade de elétrons em nível de energia.

Os diferentes tipos de elementos químicos

Existem quatro grupos de elementos químicos: os metais, os não metais, os metaloides e os gases nobres. Em sua maioria os elementos são metais e se caracterizam por serem condutores de eletricidade, por sua corrosão e por derreter com as altas temperaturas (o ferro, o cobalto, o estanho e o cobre são alguns exemplos). Os não metais combinam com os metais para formar sais, alguns são quebradiços e outros macios, já em relação a sua densidade a mesma é inferior aos metais (o hidrogênio, carbono, nitrogênio e oxigênio são os mais significativos).

Os metaloides não são metais assim como não metais, mas suas propriedades são intermediárias entre um grupo e outro. São bons semicondutores e mostram o boro, o silício, o polônio e o arsênico como alguns dos elementos deste grupo. Por último, os gases nobres são elementos inodoros e incolores e se chamam nobres porque não reagem com outros elementos químicos, como acontece com o hélio, o rádio e o criptônio.

Imagem: Fotolia - Africa Studio

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: