Dadaísmo - Conceito, o que é, Significado

DadaismoNo início do século XX a arte viveu um período de profunda transformação. Surgiram diversas correntes que aspiravam uma renovação dos padrões estéticos, os movimentos de vanguarda. Um destes movimentos foi o Dadaísmo.

O Dadaísmo surgiu na Suíça, mais especificamente em Zurich, em 1916. A partir daí, alguns intelectuais e artistas de toda Europa foram exilados na Suíça devido à 2ª Guerra Mundial. Estes frequentavam os bares e cafés da época e expressavam todo seu desencanto com a realidade social, especialmente dirigidos a arte tradicional e convencional. Neste contexto surgiu o Dadaísmo e assim o principal local dedicado a este movimento do espetáculo foi o Cabaret Voltaire.

O Dadaísmo teve inicialmente dois propulsores, Hugo Ball e Tristan Tzara

Entretanto, as revistas e panfletos dadaístas colaboraram com artistas de diversas tendências. Este movimento esteve presente em várias manifestações artísticas: na poesia, no teatro, na música, na pintura.

A ideia fundamental do Dadaísmo se contrasta com tudo que já foi estabelecido

Na verdade, combatem a ideia de razão dos positivistas, se opõem à arte burguesa, não admitem nenhuma convenção estética e rejeitam a ideia de beleza. Os dadaístas se contrastam a tudo porque reivindicam a liberdade absoluta criadora do indivíduo. Sua abordagem intelectual se baseia em dizer não aos demais quando todos dizem sim e vice-versa. O objetivo desta postura é questionar a realidade em todos os sentidos e não admitir nada como certo porque a verdade também é questionável.

O Dadaísmo expressa atitude perante a vida. É uma atitude rebelde e inconformista. O artista dadaísta ironiza a arte e a razão. Ao mesmo tempo, defende a criatividade, a fantasia e o absurdo.

Diversas correntes artísticas inspiraram o espírito provocador e inconformista do Dadaísmo

Para alguns artistas, esta proposta tem sido fonte de inspiração permanente e alguns críticos consideram o Dadaísmo como uma antiarte por definição.

A originalidade do conceito Dadaísmo tem provocado todo tipo de debate sobre seu autêntico significado original: para alguns equivale ao sussurro característico dos bebês; para outros provém de dadá, que em francês significa cavalo de madeira; e ainda há quem defenda a ideia de que não quer dizer nada.

Imagem: iStock. vm

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: