Clemência - Conceito, o que é, Significado

A justiça é uma virtude que tem a ver com a correção de uma ação. Por exemplo, quando uma pessoa solicita perdão por um crime cometido, significa que está pedindo clemência, ou seja, compaixão para que esse erro fique no passado e tenha a oportunidade de continuar com sua vida normalmente.

Do ponto de vista humano, a clemência é uma virtude complementar à virtude da justiça que está intimamente ligada com o perdão. Por exemplo, em uma discussão familiar, clemência promove a compaixão e a empatia. A justiça é importante, no entanto, a clemência pode chegar inclusive estar à frente, além disso, é mais simples de ser justo quando se consegue liberar uma barreira através da aceitação do perdão.

Julgar com amor

A virtude está fundamentada no hábito do bem, portanto, para desenvolver este sentido de trabalhar corretamente é essencial para adquirir um bom senso saudável. O coração de uma pessoa que sente clemência é comovido e causa misericórdia, a tristeza do mal alheio. Graças à clemência, o superior modera o castigo de quem cometeu um erro de graves consequências. Ou seja, trata-se de um tipo de vínculo na qual existe uma hierarquia de poder por parte do superior.

Deve-se destacar que a clemência estabelece um perdão parcial, ou seja, é a redução do castigo

A pessoa tenta cumprir um sentido estrito para aplicar uma punição justa, mas também benevolente. Assim, graças a um clima amigável, é mais brando em suas penas.

Sêneca, um dos filósofos por excelência, possui em seu currículo filosófico a obra "De Clementia", um diálogo escrito por volta do ano 55 d. C., uma obra que contém um tratado político, que explica que a clemência é uma virtude política fundamental no exercício do governo próspero e livre.

Nome próprio de mulher

O termo Clemência também se refere a um nome feminino, neste caso, a primeira letra é escrita em maiúscula. É um nome feminino que tem sua origem no latim e esta identidade se refere a uma mulher de trato amável, agradável e próxima. Clemência significa doce e benigna.

Imagem: Fotolia. Olaola

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: